Tempo  5 ore 9 minuti

Coordinate 1508

Caricato 22 febbraio 2014

Recorded febbraio 2014

-
-
522 m
15 m
0
4,7
9,5
18,95 km

Visto 10620 volte, scaricato 197 volte

vicino Rio Mau, Porto (Portugal)

A Serra da Boneca, no Concelho de Penafiel, tão perto da cosmopolita cidade Invicta, desconhecida para muitos, merece ser descoberta devido aos seus inúmeros atributos: bonitas panorâmicas, diversos cursos de água, moinhos e templos religiosos…
Trilho de tipologia circular e dificuldade média, não sinalizado. Início e chegada no parque de lazer de Rio Mau.

(!)SUBIDA EM ESCALADA PELAS FRAGAS DESDE O RIBEIRO DOS CADEADOS ATÉ AO MIRADOURO DA CASCATA - RISCO PELA ESTADO ESCORREGADIO DAS FRAGAS, NÃO ACONSELHÁVEL A CRIANÇAS E PESSOAS COM VERTIGENS(!)

Pontos de interesse:
Miradouro do poço negro
Rio Mau
Ribeiro dos Cadeados
Cascata do Ribeiro dos Cadeados
Moinhos de Cabroelo
Serra da Boneca com diversas Panorâmicas
Rio Douro

Aqui fica o nosso contributo para promover a Serra da Boneca, enquanto local único para efetuar caminhadas diversificadas, repletas de elementos estéticos que se sucedem com uma frequência surpreendentemente elevada.
SUBIDA EM ESCALADA PELAS FRAGAS DESDE O RIBEIRO DOS CADEADOS ATÉ AO MIRADOURO DA CASCATA - RISCO PELA ESTADO ESCORREGADIO DAS FRAGAS, NÃO ACONSELHÁVEL A CRIANÇAS E PESSOAS COM VERTIGENS !!!!

5 commenti

  • Foto di arlindo silva

    arlindo silva 22-feb-2014

    Percurso fantástico, com lugares de beleza inigualável. Precisa de ser feito. Quaisquer palavras serão parcas para descrever toda a beleza com que a natureza nos brinda ao longo de todo o caminho

  • Foto di Portento

    Portento 23-feb-2014

    Obrigado pela partilha do percurso...ja se encontra nos favoritos...um domingo de manhã o nosso grupo ira experimentar o percurso...abraço. Rodrigo

  • Foto di Vales Errantes

    Vales Errantes 6-nov-2014

    Bom dia.
    Fui realizar parte deste percurso com ida à Serra das Banjas e queria fazer-lhe duas perguntas.
    Ao descer para o Rio e chegado ao que aqui tem como identificado como casa de abrigo, saltei a janela e só consegui progredir 20m do mesmo lado.
    Atravessar o rio foi impossível devido ao elevado caudal e tive que voltar para trás! Como fez para seguir em frente?
    Não consegui também entrar na gruta das Banjas, como fez para descer?
    Abraço.
    Anselmo Cardal

  • Foto di Caminhantes

    Caminhantes 6-nov-2014

    Olá Anselmo Cardal (Vales Errantes)
    Ao chegar às ruínas da casa, e passando a janela, a progressão faz-se pela margem do Rio Mau até ao seu efluente, Ribeiro dos Cadeados, aqui segue-se pela margem do ribeiro até às ruínas do aqueduto onde se atravessa o ribeiro (na altura tinha uns trocos que permitiam a travessia). Em dias, como parece que foi o caso, com elevado caudal do rio é difícil, até mesmo impossível, a progressão.
    Este trilho não passa nas Grutas das Banjas, mas sim este: http://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=6888780
    A entrada faz-se progredindo lateralmente no terreno, por caminho de pé posto, até encontrar está abertura: http://pt.wikiloc.com/wikiloc/imgServer.do?id=3867956 que dá acesso ao interior da gruta.
    Espero ter ajudado! Ao dispor para esclarecimentos adicionais.
    Abraço
    Joaquim Moreira

  • Foto di Vales Errantes

    Vales Errantes 6-nov-2014

    Viva!
    Obrigado a ambos (Caminhantes e Arlindo) pelas dicas.
    De facto o caudal do Rio Mau estava muito elevado.
    Ao ver as vossas fotos, fiquei realmente com a ideia que seguiram pelo lado da casa, mas como estava o caudal ontem, só à campeão, porque não se vislumbrava trilho nenhum, eu não conheço o local, e tive que voltar atrás.
    Também tentei descer ao Poço Negro, mas a vertiginosa descida com pedras soltas escorregadias e muita água fizeram arrepender-me logo após 30m.
    Fui também às Gruta das Banjas ontem, juntando parte do trilho que refere em cima.
    Andei em cima do tal caminho de pé posto, mas pensei que seguia na direcção de Sta Iria e voltei atrás antes da entrada!!!
    Mas pronto, para primeira incursão a pé, não foi mau.
    Tem é muita pedra solta nos estradões, e apanhei vários com muita água.
    Como sou de Gaia hei-de lá voltar.
    Oportunamente farei o upload do track e umas fotos.
    Abraço e boas caminhadas
    Anselmo Cardal.

You can or this trail